EMPRESÁRIOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL ESTÃO OTIMISTAS COM NOVO PROGRAMA HABITACIONAL

O governo federal anunciou nesta terça-feira, (25), um novo programa habitacional batizado de Casa Verde e Amarela em substituição ao nome Minha Casa Minha Vida. O governo vai cortar os juros em até 0,5% do ano, e a meta é beneficiar 1,6 milhão de famílias, principalmente das regiões norte e nordeste do Brasil.

EMPRESÁRIOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL ESTÃO OTIMISTAS COM NOVO PROGRAMA HABITACIONAL

Com o novo programa, os juros cairão para 4,25% ao ano para os beneficiários do Norte e Nordeste, e para 4,5% em outras regiões do país. A expectativa com os novos rumos do programa habitacional é também criar dois milhões de empregos indiretos.

Para o presidente da Associação dos Construtores de Mato Grosso do Sul (Acomasul), Adão Castilho, o novo programa vai impulsionar a economia. “Economia e saúde têm de caminhar juntas, esperamos que a pandemia vá embora logo e por isso precisamos ter metas desde já para iniciar a recuperação. O governo acerta a mão porque a construção civil é o alicerce da economia”, afirma Castilho.

Castilho também é vice-presidente da Federação Nacional dos Pequenos Construtores (FENAPC). Os pequenos empresários da construção são responsáveis por quase metade dos imóveis financiados pelo Minha Casa Minha Vida, agora Casa Verde e Amarela. “O déficit habitacional no nosso país é de cerca de oito milhões de moradias. Nós estamos prontos para contribuir junto com os grandes empresários e assim tornar 2021 um ano promissor”, finaliza Castilho.

Tags: No tags

Comments are closed.